Exija a procedência dos materiais elétricos!

Infelizmente, materiais falsificados, recondicionados e furtados circulam no mercado. Além de risco para os usuários, o emprego destes materiais pode trazer prejuízos para o empreendedor e dificultar a energização da obra.

  • Falsificação

    Utilizando a carcaça de um transformador obsoleto, uma empresa sem credenciamento constrói a parte interna sem atendimento das normas e com materiais genéricos, e utiliza-se de uma placa/número de série de outro transformador.

  • Reconstrução

    Recuperar um transformador danificado, que foi descartado por uma concessionária ou empresa privada em função de obsolescência ou defeito grave. Esta ação não garante a funcionalidade, segurança e vida útil do mesmo, e por este motivo não são aceitos pelas concessionárias.

  • Material furtado

    Material sem procedência não possui garantia, além de ser objeto de crime. As concessionárias exigem nota fiscal e relatório de fabricante, mas atenção pois falsificações já foram encontradas no mercado.

Veja como a sua empresa pode se proteger

  • Na dúvida, consulte o fabricante

    Todos os fabricantes possuem rastreabilidade dos materiais produzidos, e podem consultar a procedência e “história” dos mesmos.

  • Pesquise sobre o vendedor/representante

    Verifique o nome da representação/revenda na internet, consulte colegas que atuam no setor. Todo representante possui contato direto com os fabricantes e tem como demonstrar isto.

  • Não existe mágica

    Existem preços diferentes no mercado de acordo com marca, qualidade, serviços complementares, volume, etc. Mas não existe milagre: produto com custo muito abaixo do mercado é sinal de alerta.

Conheça a opinião dos grandes fabricantes, homologados pelas concessionárias de energia elétrica:

Reno Bezerra

“Recebemos consultas de procedência com frequência, e infelizmente ainda ocorrem muitos casos de equipamentos falsificados, recondicionados e até furtados. Exija de seu prestador ou empreiteiro a comprovação de procedência dos transformadores (nota fiscal e relatório de ensaio), e na dúvida consulte o fabricante.”

Reno BezerraDiretor Comercial - Itaipu Transformadores
Julio Bertolin

“É essencial que todo projeto que envolva eletricidade seja seguro e confiável, utilizando materiais de qualidade de acordo com normas estabelecidas para sua instalação, assegurando a vida das pessoas e a integridade dos estabelecimentos. É responsabilidade do instalador estar atento à produtos falsificados, com procedência duvidosa, produzidos com matéria-prima reciclada ou então com especificação divergente às necessidades do projeto. Os fabricantes de renome no mercado, como a Nexans, estão disponíveis para auxiliar nesse processo.”

Julio BertolinGerente Comercial D&I da Nexans Brasil