Perguntas Frequentes

A Bonafé está comprometida em responder suas dúvidas!

Como faço para implantar a rede elétrica de meu loteamento?

De acordo com a concessionária de energia elétrica do município, pode ser necessária uma consulta prévia de viabilidade. Depois disto, é necessário apresentar um projeto elétrico elaborado dentro das normas da concessionária, que passará por análise e aprovação. A rede então deve ser construída de acordo com este projeto, e será inspecionada por um técnico da concessionária. Estando tudo dentro dos padrões construtivos esperados, a rede elétrica do loteamento é conectada à rede externa ficando energizada. Em paralelo à construção da rede, é necessário conduzir o processo de pedido de interligação da rede do loteamento à rede externa, que é imprescindível para energização.

O que é interligação?

Interligação é a conexão da rede interna do loteamento à rede externa da concessionária. Este processo ocorre em paralelo à construção da rede elétrica do loteamento, e é necessário para que a concessionária avalie se a rede próxima suportará a carga demandada pelo novo loteamento, e realize as adequações caso necessário. Estas adequações podem envolver desde a troca de um poste até o aumento de bitola de centenas de metros da rede que conduzirá a energia elétrica até o bairro/área do loteamento. Nestes casos, a concessionária emite um documento de cobrança, a ser pago pelo empreendedor, e informa um prazo para realização da atividade.

Qual a tensão da rede elétrica pública?

Os postes que vemos nas cidades conduzem normalmente uma rede de distribuição de média tensão na parte superior (com tensões entre 11.000V e 25.000V) e uma rede de baixa tensão na parte inferior (tensão de 220V, trifásica).

Quem paga pelo investimento na rede elétrica?

O investimento na rede elétrica é de responsabilidade do empreendedor. Após aprovação, construção e energização da rede, a mesma deve ser doada para a concessionária de energia, que passa a ser responsável por seu funcionamento e manutenção.

Rede subterrânea é permitida em qualquer loteamento?

Sim, desde que o empreendimento seja fechado ou com controle de acesso. A rede elétrica subterrânea está normatizada em praticamente todas as concessionárias de energia elétrica. Embora seja relativamente recente no Brasil, sua adoção vem sendo cada vez maior.

Qual a diferença entre rede elétrica com postes e subterrânea?

A rede elétrica subterrânea apresenta diversas vantagens em relação à rede aérea:

– Estética: visual mais natural e harmônico, com ausência de postes de concreto, cabos e fios elétricos poluindo a paisagem e restringindo a área de passeio.

– Paisagismo: enquanto na rede elétrica tradicional há limitações das espécies que podem ser plantadas nas calçadas em função de risco de contato com os cabos elétricos, com rede subterrânea as opções são muito maiores.

– Disponibilidade de energia elétrica: o fornecimento de energia não é afetado por fatores externos como vendavais, queda de árvores, postes derrubados por colisão de veículos.

– Segurança: ausência de risco com pipas e de rompimentos de cabos causados por caminhões.

– Iluminação ornamental: rede elétrica aérea deve respeitar os padrões de luminária e lâmpada da concessionária de energia ou prefeitura, em uma rede subterrânea pode ser utilizado o modelo que se desejar. Com isto, pode-se optar por postes ornamentais metálicos, com diversos formatos e cores, e adoção de lâmpadas LED.

Por outro lado, a rede elétrica aérea possui menor custo de implantação, em função das exigências dos materiais aplicados e por não requerer atividades de obra civil (apenas furação para implantação dos postes e aterramentos).

Iluminação com LED é vantajosa mesmo?

A tecnologia de iluminação com LED amadureceu bastante nos últimos anos, de forma que hoje existem produtos com maior qualidade e custos mais competitivos. Além dos aspectos de sustentabilidade (materiais aplicados, maior vida útil, mais econômicas), a opção por iluminação de LED também é vantajosa do ponto de vista de investimento. Embora mais caras que as lâmpadas de vapor de sódio ou mercúrio, possuem vida útil bastante superior e consumo equivalente inferior, o que traz maior retorno financeiro ao longo do tempo.

Existe norma para construção de rede elétrica?

Sim. Cada concessionária estabelece padrões de construção para todos os elementos da rede, desde poste, cabos, transformadores, estruturas de fixação até o desenho das redes.

É possível utilizar qualquer material na rede elétrica?

Não. Os materiais aplicados na rede não podem ser usados ou recondicionados, e devem ser fornecidos por empresas homologadas pela concessionária local, que irá exigir evidências de origem durante a aprovação do projeto e inspeção da obra.